Ligue-se a nós

Desporto

Federação Rugby: “Queremos chegar ao topo”

Publicado

a

Rugby
Foto: Pixabay

A seleção portuguesa de râguebi está na Suíça, onde este sábado defronta a seleção local, à procura da terceira vitória consecutiva no Europe Rugby Trophy 2019.

Faltam três jogos e o objetivo é continuar ao mais alto nível para subir degraus rumo a patamares mais elevados do râguebi.

Na Suíça está o coordenador da Comissão de Gestão da Federação Portuguesa de Rugby, Pedro Ribeiro.

Em conversa com a Record FM, o dirigente manifestou confiança na vitória, frente à Suíça: “A equipa está motivada, está bem preparada, esperamos alcançar um bom resultado, ou seja a vitória”.

O objetivo maior passa pelo ‘play-off’ de acesso ao escalão superior: “Queremos atingir o primeiro nível da competição europeia. Para isso teremos de disputar o ‘play-off’ de subida, possivelmente com a Alemanha, e vencer esse jogo para na próxima época estarmos no nível mais elevado das competições da Europe Rugby”, comentou Pedro Ribeiro.

O dirigente federativo lembrou ainda, em conversa com a Record FM, que Portugal tem estado a trilhar um caminho de evolução na modalidade após duas temporadas menos conseguidas. Pedro Ribeiro considera que a equipa das “quinas” tem apontar para cima e os exemplos vêm dos escalões jovens: “Estamos a tentar relançar o râguebi a nível competitivo. Queremos chegar ao topo. Temos tido bons resultados nos setores jovens, nos sub 18 e sub 20. Nos sub 20 fomos campeões da Europa no ano passado. Este ano queremos conquistar de novo esse título, num torneio a disputar em Coimbra na primeira semana de abril. O râguebi tem vindo a expandir-se, lentamente, em Portugal”

Para já, há jogo com a Suíça, sábado, às 14:00 de Lisboa.

Portugal quer garantir a vitória no Europe Rugby Trophy 2019 o mais rapidamente possível, o que pode ser conseguido na próxima semana, nas Caldas da Rainha, frente à República Checa, se a seleção vencer os próximos dois jogos com ponto de bónus ofensivo.

Desporto

Ciclismo: João Rodrigues (W52-FC Porto) venceu a ‘Alentejana’

Publicado

a

Foto: facebook.com/w52fcporto

João Rodrigues (W52-FC Porto) festejou este domingo, na Praça do Giraldo, em Évora, a conquista da Volta ao Alentejo em bicicleta, ao segurar os três segundos de avanço sobre Luís Mendonça (Rádio Popular-Boavista) na sexta e última etapa.

O pódio ficou completo com a presença de outro ciclista dos ‘azuis e brancos’, o espanhol Raul Alarcón, vencedor das duas últimas Voltas a Portugal, que terminou em terceiro a quatro segundos do seu companheiro de equipa.

O final da etapa foi igual ao das duas primeiras desta ‘Alentejana’, com o espanhol Enrique Sanz (Euskadi-Murias) a levantar os braços e festejar o triunfo, desta feita em 3:29.33 horas, o mesmo tempo do britânico Gabriel Cullaigh (Team Wiggins), vencedor em Évora em 2018, e menos um segundo do que o compatriota e colega de equipa Mario González.

Classificação da sexta etapa:
1. Enrique Sanz, Esp (Euskadi-Murias), 3:29.33 horas
2. Gabriel Cullaigh, GB (Team Wiggins), m.t.
3. Mario González, Esp (Euskadi-Murias), a 01 segundo
4. César Martingil, Por (Sporting-Tavira), m.t.
5. João Matias, Por (Vito-Feirense), m.t.
6. Cyril Barthe, Fra (Euskadi-Murias), m.t.
7. João Rodrigues, Por (W52-FC Porto), m.t.
8. Rhys Britton, GB (seleção sub-23 Grã-Bretanha), m.t.
9. Sergio Higuita, Col (Euskadi), m.t.
10. Tobias Foss, Nor (Uno X), m.t.

Classificação geral final:
1. João Rodrigues, Por (W52-FC Porto), 19:13.43 horas
2. Luís Mendonça, Por (Rádio Popular-Boavista), a 03 segundos
3. Raul Alarcón, Esp (W52-FC Porto), a 04
4. Tobias Foss, Nor (Uno X), a 15
5. Sergio Higuita, Col (Euskadi), a 21
6. Txomin Juaristi, Esp (Euskadi), a 26
7. Alejandro Marque, Esp (Sporting-Tavira), m.t.
8. Mario González, Esp (Euskadi-Murias), a 28
9. Vicente García de Mateos, Esp (Aviludo-Louletano), a 58
10. Rafael Reis, Por (W52-FC Porto), a 1.10 minutos

– Classificação por equipas:
1. W52-FC Porto, Por, 57:42.09 horas
2. Euskadi, Esp, a 1.04 minutos
3. Euskadi-Murias, Esp, a 1.28

– Classificação por pontos:
1. Luís Mendonça, Por (Rádio Popular-Boavista), 80 pontos
2. Enrique Sanz, Esp (Euskadi-Murias), 75
3. Gabriel Cullaigh, GB (Team Wiggins), 71

– Classificação do prémio da montanha:
1. James Fouché, Nzl (Team Wiggins), 11 pontos
2. Sergio Higuita, Col (Euskadi), 10
3. Luís Mendonça, Por (Rádio Popular-Boavista), 8

– Classificação da juventude:
1. Tobias Foss, Nor (Uno-X)
2. Sergio Higuita, Col (Euskadi)
3. Savva Novikov, Rus (Lokosphinx)

Continue a ler

Populares