Ligue-se a nós

Atualidade

Exercício europeu Cascade19 será o maior realizado em Portugal

Publicado

Foto: Facebook Proteção Civil

Portugal vai acolher o exercício europeu de proteção civil Cascade 19, o maior de sempre em território nacional. Vai-se realizar entre 28 de maio e 1 de junho e conta com a participação de cinco países.

Organizado pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil vai mobilizar mais de 600 operacionais de Portugal, Alemanha, Bélgica, Croácia, Espanha e França.

O exercício decorrerá nos distritos de Aveiro, Évora, Lisboa e Setúbal, em cerca de 20 localidades e abrangendo mais de 60 cenários distintos.

Segundo um comunicado da Proteção Civil, entre os cenários estão “condições meteorológicas adversas, como precipitação muito intensa no distrito de Aveiro, e um evento sísmico nos distritos de Évora, Lisboa e Setúbal, com uma série de ocorrências em cascata, como cheias, poluição marítima, ruturas de barragens, acidentes químicos, colapso de estruturas, acidentes ferroviários e rodoviários, e incêndios urbanos, cujas consequências são danos materiais avultados e um número significativo de vítimas mortais”.

O Cascade 19 visa treinar a resposta internacional na sequência do acionamento do Mecanismo de Proteção Civil da União e, simultaneamente, a resposta interna a emergências de elevada complexidade.

Desporto

A bola vai voltar a rolar – tudo sobre o regresso do campeonato

Publicado

A I Liga de futebol regressa na quarta-feira, depois de quase três meses de paragem devido à covid-19, com as atenções viradas para a luta pelo título, com FC Porto e Benfica como únicos protagonistas.

Um duelo separado por um ponto e que se fará em moldes nunca vividos: sem a presença de público, um rigoroso protocolo sanitário, com testes regulares ao novo coronavírus e jogos ao final da tarde e noite, maioritariamente durante a semana.

A 10 jornadas do final, o FC Porto lutará para segurar uma liderança conquistada há duas jornadas (23.ª).

Neste regresso, o FC Porto reentrará em cena primeiro do que o Benfica, ao visitar na quarta-feira (21:15) o Famalicão, equipa que foi sensação do campeonato, no qual chegou a ser primeiro.

No jogo, os ‘dragões’ terão duas baixas importantes, o central Marcano, de fora até final da época, com uma rotura de ligamentos, e o lateral esquerdo Alex Telles, que é o melhor marcador da equipa na I Liga, com oito golos apontados, e está castigado.

A equipa de Sérgio Conceição tentará colocar pressão no Benfica, que apenas entra em campo no dia seguinte, recebendo no Estádio da Luz o Tondela (14.º).

A paragem pode ter sido benéfica para as ‘águias’, não só porque estavam numa má fase em termos exibicionais e de resultados, mas porque recuperaram de lesão dois jogadores importantes, o lateral André Almeida e o médio brasileiro Gabriel.

Em outros jogos nesta retoma, o Sporting de Braga (terceiro) jogará na sexta-feira com o Santa Clara (10.º).

Nos bracarenses, este será o segundo jogo do treinador Custódio, que entrou em março, face à ida de Rúben Amorim – que já tinha substituído Ricardo Sá Pinto – para o Sporting.

No Sporting (quarto), Rúben Amorim terá pela frente uma deslocação habitualmente difícil, ao Vitória de Guimarães (sexto), embora desta vez o fator público, tradicionalmente importante no D. Afonso Henriques, não exista.

No jogo, agendado para quinta-feira, às 21:15, os ‘leões’ não contam com Wendell e Luiz Phellype, lesionados, e os vimaranenses não terão Sacko, que cumprirá castigo, depois de ter visto um quinto amarelo, e têm o capitão Pedro Henrique em dúvida.

A jornada disputa-se ao longo de cinco dias, entre terça-feira e domingo, com o primeiro jogo a opor o ‘aflito’ Portimonense (17.º) ao Gil Vicente (nono).

Um regresso difícil poderá ter o Desportivo das Aves, que a juntar ao facto de ser o último classificado, sem vencer há cinco jornadas, viu Quentin Beunardeau e Welinton Júnior rescindirem, tem Luiz Fernando e Rúben Macedo a cumprirem castigo e informou no domingo ter um jogador positivo para a covid-19, mas sem indicar quem seja, sendo um atleta que tinha tido primeiro um resultado inconclusivo na semana anterior.

Os avenses, treinados por Nuno Manta Santos, recebem na sexta-feira o Belenenses SAD (13.º).

Em outros jogos da 25.ª jornada, o Marítimo (15.º) recebe o Vitória de Setúbal (12.º) na quinta-feira, o Boavista (11.º) o Moreirense (oitavo) no sábado, e o Rio Ave (quinto) o Paços de Ferreira (16.º), no domingo, no ‘fecho’ da ronda.

Programa da 25.ª jornada:

– Quarta-feira, 03 jun:

Portimonense – Gil Vicente, 19:00.

Famalicão – FC Porto, 21:15.

– Quinta-feira, 04 jun:

Marítimo – Vitória de Setúbal, 18:00.

Benfica – Tondela, 19:15.

Vitória de Guimarães – Sporting, 21:15.

– Sexta-feira, 05 jun:

Santa Clara – Sporting de Braga, 19:00 (Cidade do Futebol, em Oeiras).

Desportivo das Aves – Belenenses, 21:15.

– Sábado, 06 jun:

Boavista – Moreirense, 21:15.

– Domingo, 07 jun:

Rio Ave – Paços de Ferreira, 21:00.

Continue a ler

Populares