Ligue-se a nós

Sem categoria

Euro2020: Portugal nos ‘oitavos’ após empate com a França

Publicado

A seleção portuguesa de futebol qualificou-se hoje para os oitavos de final do Euro2020, ao empatar 2-2 com a campeã mundial França, em encontro da terceira jornada do Grupo F do Euro2020, na Puskás Arena, em Budapeste.

Cristiano Ronaldo marcou os dois golos lusos, aos 31 e 60 minutos, ambos de penálti, igualando os 109 do recordista mundial, o iraniano Ali Daei, enquanto Karim Benzema faturou duas vezes para os gauleses, aos 45+2, de penálti, e 47.

Com o 2-2 no Alemanha-Hungria, a seleção lusa terminou no terceiro lugar do agrupamento, marcando encontro com a Bélgica nos ‘oitavos’ (domingo, em Sevilha), com quatro pontos, os mesmos da Alemanha, segunda, e menos um do que a França, primeira, com a Hungria a ser eliminada, com dois.

Sem categoria

Cartão Vermelho: Vieira passa mais uma noite na prisão

Publicado

Luís Filipe Vieira deixa a qualquer momento o Tribunal  Central de Instrução Criminal e regressa aos calabouços da PSP de Moscavide, em Lisboa, onde vai passar mais uma noite.

O empresário e presidente do Benfica foi um dos quatro detidos na quarta-feira numa investigação que envolve negócios e financiamentos superiores a 100 milhões de euros, com prejuízos para o Estado e algumas sociedades.

Segundo o Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) estão em causa factos suscetíveis de configurar “crimes de abuso de confiança, burla qualificada, falsificação, fraude fiscal e branqueamento de capitais”.

Para esta investigação foram cumpridos 44 mandados de busca a sociedades, residências, escritórios de advogados e uma instituição bancária em Lisboa, Torres Vedras e Braga. Um dos locais onde decorreram buscas foi a SAD do Benfica que, em comunicado, adiantou que não foi constituída arguida.

No mesmo processo foram também detidos Tiago Vieira, filho do presidente do Benfica, o agente de futebol Bruno Macedo e o empresário José António dos Santos, conhecido como o ‘rei dos frangos’.

Entretanto, o Ministério Público (MP) acusa o empresário de futebol Bruno Macedo de participação num esquema fraudulento, com vista a beneficiar o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, em prejuízo do clube lisboeta e do Estado português, entre outros.

De acordo com o despacho de pronúncia a que a Lusa teve hoje acesso, Bruno Macedo é descrito como testa de ferro de Luís Filipe Vieira, que foi detido no âmbito de uma investigação a negócios e financiamentos suscetíveis de configurar “crimes de abuso de confiança, burla qualificada, falsificação, fraude fiscal e branqueamento”.

Continue a ler

Populares