Ligue-se a nós

Desporto

Euro2020: Portugal decide passagem aos ‘oitavos’ com a França esta noite

Publicado

A seleção portuguesa de futebol decide hoje o futuro no Euro2020, sendo certo que se pontuar diante da França, em Budapeste, na terceira jornada do Grupo F, garante a passagem aos oitavos de final da competição.

De regresso à Puskas Arena, onde se estrearam na prova com um triunfo sobre a Hungria (3-0), os campeões europeus defrontam os campeões do mundo a partir das 20:00 (hora de Lisboa), à mesma hora a que a Alemanha defronta os húngaros, em Munique.

À entrada para a terceira e derradeira partida do Grupo F, Portugal ocupa o terceiro lugar, com três pontos, os mesmos dos alemães, que subiram ao segundo posto após o triunfo sobre a equipa das equipas (4-2), e menos um do que os franceses, que lideram e já ‘carimbaram’ a passagem, enquanto os húngaros seguem em último, com um.

A qualificação de Portugal para os ‘oitavos’ fica garantida em caso de empate ou vitória sobre os gauleses e mesmo uma derrota por dois golos de diferença também colocará a formação lusa na próxima fase, como um dos quatro melhores terceiros classificados, desde que a Hungria não vença a Alemanha.

Para o duelo com a França, a seleção nacional apenas não poderá contar com o lateral Nuno Mendes, a contas com problemas musculares, o que faz com que o selecionador Fernando Santos tenha à disposição 25 jogadores para a ‘decisão’ em Budapeste.

Portugal e França jogam a partir das 20:00, na Puskas Arena, na capital magiar, em encontro da terceira jornada do Grupo F do Euro2020, que será dirigido pelo espanhol Antonio Mateu Lahoz.

No Grupo E, a Espanha, campeã em 2008 e 2012, é terceira, com dois pontos, e está obrigada a vencer a Eslováquia, terceira com três, para não depender de terceiros para se apurar. Um empate apura a Eslováquia e pode apurar a Espanha, se a Polónia não vencer a Suécia.

Já apurada, a Suécia, que lidera com quatro pontos, tenta assegurar a vitória no grupo, enquanto a Polónia, treinada por Paulo Sousa e que é última com um ponto, apenas se apura com um triunfo.

O Euro2020, que foi adiado para este ano devido à pandemia de covid-19, decorre até 11 de julho, em 11 cidades de 11 países diferentes.

Atualidade

Fernando Pimenta remou até ao bronze

Publicado

O canoísta Fernando Pimenta conquistou hoje a medalha de bronze em K1 1.000 metros nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, a terceira medalha obtida por atletas portugueses, depois do bronze do judoca Jorge Fonseca e da prata da atleta Patrícia Mamona.

Fernando Pimenta, de 31 anos, que se tinha sagrado vice-campeão olímpico em Londres2012, em K2 1.000 metros, ao lado de Emanuel Silva, terminou a prova de K1 1.000 metros de Tóquio2020 em 3.22,478 minutos, apenas atrás dos húngaros Balint Kopasz, novo recordista olímpico, com 3.20,643, e Adam Varga (3.22,431).

Depois da estreia auspiciosa em Londres2012, numa longa carreira que engloba 105 pódios em competições internacionais, Fernando Pimenta foi ainda quinto classificado em K1 1.000 metros e sexto em K4 1.000 metros no Rio2016.

Com três medalhas conquistadas em Tóquio2020, uma vez que Jorge Fonseca alcançou a de bronze na categoria de -100 kg e Patrícia Mamona arrebatou a de prata no triplo salto, Portugal já igualou o melhor pecúlio em Jogos Olímpicos, reeditando as três subidas ao pódio de Los Angeles1984 e Atenas2004.

Portugal passou a contar com um total de 27 medalhas conquistadas em Jogos Olímpicos (quatro de ouro, nove de prata e 14 de bronze), duas das quais na canoagem, ambas com a participação de Fernando Pimenta, que integra agora o restrito grupo de atletas lusos com dois pódios no maior evento desportivo mundial.

 

Continue a ler

Populares