Ligue-se a nós

Atualidade

Estudo relaciona bebidas açucaradas com risco de cancro

Publicado

Peritos franceses encontraram uma ligação entre o consumo diário de bebidas açucaradas ou sumos naturais de frutas com o aumento do risco de desenvolver cancro, lê-se na revista British Medical Journal.

A investigação, realizada por uma equipa de investigadores da Agência de Saúde Pública francesa e da equipa de Epidemiologia Nutricional de Bobigny (França), estabeleceu essa ligação após seguir durante cinco anos mais de 100.000 pessoas com uma média etária de 42 anos, das quais 21% homens e 79% mulheres.

Os cientistas alertaram que, de momento, se trata de uma possível relação, pois não existem provas definitivas e ainda há que realizar mais experiências.

Em concreto, detetaram um aumento de 18% no risco de sofrer de qualquer tipo de cancro nas pessoas que, como média diária, consumiram 200 mililitros de uma bebida açucarada – aquelas que contêm mais de 5% de açúcar – ou um sumo de fruta natural.

No caso das mulheres, os investigadores detetaram um aumento de 22% no risco de desenvolver cancro da mama.

Dos cerca de 2.193 cancros detetados durante a experiência, 693 foram da mama, 291 da próstata e 166 do cólon.

Graham Wheeler, da associação britânica Investigação Cancro UK, ressalvou, entretanto, que é necessário “levar a cabo mais investigações”.

Atualidade

Em Portugal Continental não vai haver quarentena para turistas

Publicado

O primeiro-ministro assegurou hoje que em Portugal Continental não irão vigorar normas de quarentena para quem venha de fora do país, e disse estar tranquilo e “sem pressas” quanto à reabertura da fronteira terrestre com Espanha.

No final de um Conselho de Ministros de quase oito horas, que se reuniu para fazer o balanço das medidas da segunda fase de desconfinamento e tomar decisões relativamente à terceira fase, no âmbito da pandemia de covid-19, António Costa foi questionado se Portugal estava a negociar com algum país para que turistas possam entrar no país sem quarentena.

“Em Portugal Continental não vigorou, não vigora e nem pretendemos que venham a vigor normas de quarentena, têm sido única e exclusivamente adotadas pelas Regiões Autónomas, nunca o Governo da República as adotou e nunca as irá adotar”, afirmou.

Questionado se concorda com o anúncio feito pelo seu homólogo espanhol, Pedro Sánchez, de que a fronteira terrestre não reabra antes de 15 de julho, o primeiro-ministro remeteu o tema para negociações bilaterais.

“Estamos totalmente tranquilos e sem pressas na reabertura da nossa fronteira, respeitamos integralmente a sua vontade de não proceder à reabertura antecipada de fronteiras”, afirmou.

António Costa salientou que esta fronteira terrestre se mantém aberta para transporte de mercadorias, trabalhadores transfronteiriços e para os emigrantes que pretendam atravessar a Espanha para vir a Portugal, recordando que França já assegurou que os portugueses não terão de cumprir quarentena no regresso de férias.

Lusa

Continue a ler

Populares