Ligue-se a nós

Desporto

Entrevista Record FM – João M. Pinto: “Porto a querer mandar e Benfica com transições rápidas”

Publicado

Foto: facebook.com

Está a ser visto como o “Clássico do Título”. FC Porto e Benfica defrontam-se este sábado [20H30] no Estádio do Dragão, para a 24ª jornada, separados por apenas um ponto na classificação.

A Record FM ouviu um dos antigos jogadores, que passou pelos dois emblemas. João Manuel Pinto, defesa central que nos anos 90 vestiu o azul e branco e no início do século mudou para o vermelho e branco; e atual treinador do Sertanense (do Campeonato de Portugal, distrito de Castelo Branco), acredita que vai ser um jogo de fortes emoções.

Muito do que se esperava deste campeonato acabou, no entanto, por mudar em apenas dois meses: “tudo indicava que o FC Porto seria o campeão. A disponibilidade e a intensidade do clube demonstrava que estava encontrado o campeão. Entretanto tudo mudou. Com um novo treinador no Benfica, houve outra qualidade e motivação. O FC Porto perdeu pontos, o Benfica aproveitou e o campeonato agora está ao rubro”, começou por dizer João Manuel Pinto.

Para o antigo defesa central é sempre difícil antecipar resultados nos clássicos, mas entende que nestes encontros a vitória vale muito mais do que simples três pontos. Aliás, João Manuel Pinto considera que se o FC Porto ganhar, muito dificilmente deixará de ser campeão: “Pode não ser decisivo, mas dá uma importante almofada. Com quatro pontos de avanço pode perder um jogo e, sinceramente, não estou a ver o FC Porto a perder mais algum jogo se vencer amanhã. Já na época passada, naquela célebre vitória na Luz, o FC Porto não voltou a perder. Moralizou, passou para a frente com dois ou três pontos, mas foi o suficiente. E quem perde desmoraliza e passa a desconfiar das suas capacidades”.

João Manuel Pinto não sabe se será um jogo com qualidade, mas emoção e intensidade é algo que não faltará amanhã no Dragão: “São as duas melhores equipas de Portugal. Taticamente será um encontro fortíssimo”.

Em relação à postura das equipas, o antigo jogador de FC Porto e Benfica acredita que a equipa da casa vai querer entrar a mandar: “Acredito que o Porto vai entrar forte, pressionante e o Benfica a jogar como o fez em Alvalade, a responder com transições rápidas”.

João Manuel Pinto diz que, apesar de tudo, as duas equipas vão-se respeitar e deixa o desejo de que todos os intervenientes estejam à altura do espetáculo: “o vídeo-árbitro, o árbitro, que os jogadores consigam gerir as emoções e respeitar-se; que o árbitro perceba que por vezes os atletas têm algumas palavras, intensidade e até dureza…. mas espero que seja um grande espetáculo de futebol, entre as duas melhores equipas neste momento. Que ganhe a melhor. Estou muito ansioso por ver este jogo”.

João Manuel Pinto e o clássico que está a gerar grande expetativa.

Desporto

Bruno Lage renova com o Benfica até 2024

Publicado

O treinador do Benfica, Bruno Lage, renovou o contrato até 2024, anunciou hoje o clube campeão português de futebol, no seu site oficial.

Bruno Lage, de 43 anos, assumiu o comando da equipa principal do Benfica em janeiro de 2019, substituindo Rui Vitória, e tinha contrato até 2023, que tinha assinado quando regressou à equipa B.

Na estreia como treinador na I Liga, o setubalense levou os ‘encarnados’ à conquista do título da I Liga, depois de ter pegado na equipa no terceiro lugar, a sete pontos do então líder FC Porto.

Em 53 jogos no comando do Benfica, Bruno Lage conseguiu 40 vitórias, tendo apenas uma derrota em jogos do campeonato, cuja atual edição lidera com 36 pontos, mais quatro do que o segundo, o FC Porto.

“Estive sempre tranquilo relativamente a essa questão [da renovação], porque, desde o momento em que falei com o presidente, sabia que seria fácil de resolver. É um não assunto, e os ‘timings’ no Benfica têm sido todos certos. Eu só queria saber o local para assinar, darem-me os papéis para a frente e a questão ficava resolvida”, disse o treinador aos meios de comunicação do clube.

Em relação ao novo contrato referiu: “Tinha um contrato prolongado até 2023, foi acrescentado um ano e o tal aumento de salário. Como tal, estou feliz e orgulhoso por reconhecerem, fundamentalmente, o nosso profissionalismo e dedicação, para continuarmos sempre empenhados em dar o nosso melhor pelo clube”.

A finalizar, Bruno Lage apontou como metas “continuar a ganhar, a vencer, estar inserido em todas as provas e ter grandes conquistas”.

Continue a ler

Populares