Ligue-se a nós

Atualidade

Elvas: Ruído… desacatos… tiros

Publicado

A PSP deteve hoje quatro homens, em Elvas, de um grupo entre 15 a 20 pessoas, que tentaram agredir agentes da polícia com pedras e garrafas de vidro.

Segundo revelou a força de segurança houve necessidade de disparo de tiros de aviso e intimidação.

O Comando Distrital de Portalegre da PSP, em comunicado, indica que cerca das 00:30 de hoje, o carro patrulha adstrito à Esquadra da PSP de Elvas, no distrito de Portalegre, foi chamado a uma ocorrência de ruído num local da cidade, onde supostamente estaria a decorrer uma festa.

“Chegados ao local, os elementos policiais foram imediatamente ameaçados com o arremesso de pedras e garrafas de vidro, numa atitude totalmente hostil para com os polícias, por um grupo de cerca de 15 a 20 pessoas”, refere o comunicado, acrescentando que posteriormente foram detidos quatro homens com idades entre os 19 e os 40 anos.

A PSP adianta que “foi perfeitamente audível o som de dois disparos de arma de fogo, tendo a mesma sido disparada do interior do local onde se desenrolava a festa”.

“Atendendo a que os meios no local se mostravam claramente insuficientes”, segundo a polícia, foram solicitados reforços policiais, tendo posteriormente comparecido no local uma Equipa de Intervenção Rápida e uma Equipa de Investigação Criminal.

Quando os polícias tentavam chegar à conversa com o proprietário do local onde se realizava a festa, já com “as medidas de segurança e de autoproteção implementadas pelos elementos policiais no terreno, para salvaguardar a sua integridade física” e no intuito de “apurar responsabilidades e identificar os autores do arremesso de pedras e garrafas e dos disparos de arma de fogo”, os elementos policiais foram “novamente ameaçados, bem como sofreram tentativas de agressão”.

Naquela altura, acrescenta o comunicado, foram arremessadas várias pedras e garrafas de vidro, sendo que, ao abrir do portão da propriedade onde se desenrolava a festa, um grupo de cerca de 10 pessoas “atiçou um canídeo de raça pitbull e avançou em comunhão de esforços com o intuito de agredirem os elementos policiais no local”.

Perante esta atitude, relata a polícia, “houve necessidade dos elementos policiais efetuarem três disparos para o ar de ‘shot gun’, com bagos de borracha, para dispersar o grupo”, sendo que das “tentativas de agressão aos agentes de autoridade”, resultou a interceção de quatro homens, que foram detidos.

Segundo o comunicado, desta situação, “três dos detidos tiveram necessidade de receber tratamento hospitalar”, tendo tido todos alta hospitalar, passado uma hora e meia, após terem dado entrada no Hospital de Santa Luzia, em Elvas.

A polícia indica ainda que os detidos vão ser presentes na segunda-feira ao Tribunal Judicial de Elvas, para primeiro interrogatório judicial e eventual aplicação de medidas de coação.

Publicidade

COMENTÁRIOS

Atualidade

Já pode ir ao cinema a partir de segunda-feira

Publicado

Ao fim de mais de dois meses, os teatros e as salas de espetáculo e de cinema poderão reabrir com “lugares marcados, todas as filas ocupadas” e “um lugar de intervalo entre os espectadores, exceto se forem coabitantes”, disse hoje a ministra da Cultura à agência Lusa.

O uso de máscara  vai ser obrigatório para o público e tem de haver “higienização dos espaços entre espetáculos ou sessões”.

No caso dos teatros, terá de ser garantida “uma distância de dois metros entre a boca de cena e a primeira fila” e “os corpos artísticos e equipas técnicas não têm de usar Equipamento de Proteção Individual [EPI] em palco, mas sim à entrada e saída de palco”.

As regras mudam em relação aos eventos culturais ao ar livre. Nesse caso, “não é obrigatório o uso de máscara” pelo público.

O espaço onde decorrer o evento, como uma praça ou um parque, “tem de ter delimitações”, assim como têm de ser “assinalados os locais onde as pessoas devem estar (podem ser marcações no chão, bancos, cadeiras)” e tem de haver “1,5 metros de distância entre as pessoas”, ou grupos de coabitantes.

A reabertura de salas de espetáculos, teatros e cinemas, bem como a retoma de eventos culturais ao ar livre está prevista na terceira fase do “Plano de Desconfinamento” do Governo.

As regras gerais de reabertura, que pode acontecer a partir de segunda-feira, foram definidas pelo Ministério da Cultura “em diálogo com a Direção-Geral de Saúde”.

Lusa

Continue a ler

Populares