Ligue-se a nós

Atualidade

Doze distritos do continente sob aviso laranja devido à previsão de trovoadas

Publicado

Doze distritos do continente vão estar a partir das 12:00 de hoje sob aviso laranja devido à previsão de trovoadas e possibilidade de rajadas de vento, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Os distritos de Viana do Castelo, Porto, Braga, Vila Real, Bragança, Viseu, Aveiro, Guarda, Coimbra, Castelo Branco, Leiria e Santarém vão estar sob aviso laranja entre as 12:00 e as 21:00 de hoje.

O IPMA colocou também estes 12 distritos sob aviso amarelo entre as 12:00 e as 21:00 de hoje devido à previsão de aguaceiros, por vezes fortes e de granizo.

O aviso laranja indica situação meteorológica de risco moderado a elevado e o amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Segundo o IPMA, até quarta-feira, o estado do tempo em Portugal continental está a ser “influenciado por uma depressão fria nos níveis altos da atmosfera, associada nos níveis baixos, a um vale invertido que vai desde o norte de África até à Península Ibérica, e que transporta sobre o território, uma massa de ar com características tropicais”.

Por isso, está previsto para os próximos dias uma situação de instabilidade potencialmente severa, especialmente sobre as regiões Norte, Centro e Alto Alentejo, onde localmente ocorrerão aguaceiros fortes, de granizo e acompanhados de trovoadas e rajadas fortes.

Atualidade

Nove mortes, 757 novas infeções e menos internados nas últimas 24 horas

Publicado

Portugal registou nas últimas 24 horas nove mortes atribuídas à covid-19, 757 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 e uma redução nos internamentos em enfermaria.

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), estão hoje internadas 410 pessoas com covid-19, menos duas do que na quinta-feira, 76 das quais em unidades de cuidados intensivos, mais uma do que na véspera.

As mortes ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo (2), na região Centro (4), no Alentejo (2) e no Algarve (1).

Relativamente às idades das vítimas mortais, cinco tinham mais de 80 anos, três entre os 70 e os 79 anos e uma entre os 40 e os 4 anos.

Continue a ler

Populares