Ligue-se a nós

Atualidade

Donald Trump arranca esta terça-feira campanha oficial para as eleições presidenciais

Publicado

Foto: Facebook Donald J. Trump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, apresenta esta terça-feira a sua recandidatura à Casa Branca pelo Partido Republicano, num comício que juntará 20.000 pessoas em Orlando, Florida.

Com alguns estudos de opinião a revelar baixos indicadores de aprovação do seu primeiro mandato e outras sondagens a mostrar que Donald Trump pode perder para vários dos 23 potenciais candidatos democratas, a escolha da Florida para o local de apresentação oficial da recandidatura do presidente norte-americano revela a preocupação em começar a tentar seduzir o terreno eleitoral mais volátil.

De acordo com uma sondagem da Universidade Nacional de Quinnipiac divulgada no dia 11, Trump está atrás de seis dos 24 adversários.

Se as eleições fossem hoje, Trump perderia com os democratas Bernie Sanders por 53% contra 40%, com Kamala Harris por 49% contra 41%, Elizabeth Warren por 49% contra 42%, Pete Buttigieg por 47% contra 42% e ficaria atrás também de Cory Booker (47% contra 42%).

A mesma sondagem mostra que as mulheres norte-americanas também preferem Joe Biden a Trump (60%-34%).

Atualidade

GNR apreendeu atum-rabilho com mais de 200 quilos em Ílhavo

Publicado

A Unidade de Controlo Costeiro da GNR apreendeu na quarta-feira, na Gafanha da Nazaré, em Ílhavo, um exemplar de atum-rabilho com 205 quilogramas, bem como 226 quilogramas de pescado fresco de diversas espécies, num valor estimado de 6.980 euros.

Segundo um comunicado da GNR, o pescado foi descarregado de uma embarcação de pesca costeira “sem cumprir com as obrigações respeitantes ao registo obrigatório no diário de pesca das quantidades estimadas de cada espécie, bem como a respetiva notificação prévia antes de chegada a porto”.

A GNR informa que, de acordo com a legislação em vigor, o atum-rabilho faz parte de uma das oito espécies de atum pertencentes à família “Scombridae”, sendo uma espécie e predador de topo, com elevada importância para a pesca comercial e que está em perigo de extinção.

“Foi identificado o mestre da embarcação e elaborado o respetivo auto de contraordenação pelas infrações de não registo obrigatório no diário de pesca e notificação prévia antes de chegada a porto, cujas coimas podem atingir os valores de 75 mil euros e os 125 mil euros, respetivamente”, refere a mesma nota.

Continue a ler

Populares