Ligue-se a nós

Entretenimento

Documentário sobre Tony Carreira estreia hoje em Portugal

Tony Carreira, de 55 anos, começou a cantar em França, para a comunidade portuguesa, numa banda constituída com os irmãos, Irmãos 5.

Publicado

O documentário focado na vida e obra do cantor Tony Carreira, “Tony”, de Jorge Pelicano, estreia-se hoje nos cinemas portugueses.

O filme, de acordo com a distribuidora NOS Audiovisuais, “é um retrato inédito da vida de Tony Carreira, onde marcam presença a família, os amigos e as histórias desses milhares de portugueses que o acompanham há 30 anos e que, mesmo nos momentos mais difíceis, nunca o abandonaram”.

O cantor assinalou no ano passado 30 anos de carreira, anunciando uma pausa “no seu percurso musical”, por tempo indeterminado.

De acordo com a distribuidora do filme, “o realizador Jorge Pelicano teve acesso exclusivo à vida pessoal e profissional de Tony Carreira, acompanhando-o, durante este ano decisivo, em sucessivas digressões nacionais e internacionais”.

“Da digressão francesa, às gravações do dueto com Rudy Pérez em Miami – um dos mais prestigiados produtores de música latina (e um dos nomes envolvidos na polémica de plágio) – de Israel, à infância de Tony Carreira; do seu primeiro sucesso nos anos 80, em França, à conquista das grandes salas de espetáculos, como o Olympia de Paris; ‘Tony’ releva imagens inéditas e testemunhos únicos deste ‘fenómeno’ da música nacional que é, indubitavelmente, uma inspiração para todos os portugueses”, lê-se num comunicado da distribuidora.

A realização está a cargo de Jorge Pelicano, que nasceu na Figueira da Foz em 1977, iniciou a vida profissional no jornalismo, sobretudo como repórter de imagem em televisão, antes de enveredar pelo cinema documental.

É autor dos documentários “Ainda há pastores?” (2005), “Pare, escute, olhe” (2009), “Para-me de repente o pensamento” (2015) e “Até que o porno nos separe” (2018).

Publicidade

COMENTÁRIOS

Entretenimento

“Guerra dos Tronos” bate recorde com 32 nomeações para os prémios Emmy

A cerimónia de entrega dos prémios, o 71.ª Emmy Awards, vai decorrer no dia 22 de setembro, em Los Angeles.

Publicado

A série “Game of Thrones” bateu o recorde dos últimos 25 anos, mantido pela antiga série NYPD, e lidera, com 32 nomeações, a lista de candidatos aos prémios Emmy.

“Guerra dos Tronos”, na versão portuguesa, recebeu o maior número de nomeações para uma temporada de uma série, aumentando para 131, o número conquistado ao longo das oito temporadas.

Na lista total de nomeações seguem-se as séries “The Marvelous Mrs. Maisel”, com 20 candidaturas, e a dramática “Chernobyl”, com 19, antes do programa de televisão Saturday Night Live, com 18, da comédia “Barry” e da minissérie “Fosse/Verdon!”, ambas com 17, e “When They See Us”, com 16 nomeações.

Frank Scherma, presidente e diretor executivo da Television Academy, disse que “é ótimo ver uma enorme variedade de novos talentos a serem distinguidos pelo seu excelente trabalho”.

Continue a ler

Populares