Ligue-se a nós

Entretenimento

Documentário sobre Tony Carreira estreia hoje em Portugal

Tony Carreira, de 55 anos, começou a cantar em França, para a comunidade portuguesa, numa banda constituída com os irmãos, Irmãos 5.

Publicado

O documentário focado na vida e obra do cantor Tony Carreira, “Tony”, de Jorge Pelicano, estreia-se hoje nos cinemas portugueses.

O filme, de acordo com a distribuidora NOS Audiovisuais, “é um retrato inédito da vida de Tony Carreira, onde marcam presença a família, os amigos e as histórias desses milhares de portugueses que o acompanham há 30 anos e que, mesmo nos momentos mais difíceis, nunca o abandonaram”.

O cantor assinalou no ano passado 30 anos de carreira, anunciando uma pausa “no seu percurso musical”, por tempo indeterminado.

De acordo com a distribuidora do filme, “o realizador Jorge Pelicano teve acesso exclusivo à vida pessoal e profissional de Tony Carreira, acompanhando-o, durante este ano decisivo, em sucessivas digressões nacionais e internacionais”.

“Da digressão francesa, às gravações do dueto com Rudy Pérez em Miami – um dos mais prestigiados produtores de música latina (e um dos nomes envolvidos na polémica de plágio) – de Israel, à infância de Tony Carreira; do seu primeiro sucesso nos anos 80, em França, à conquista das grandes salas de espetáculos, como o Olympia de Paris; ‘Tony’ releva imagens inéditas e testemunhos únicos deste ‘fenómeno’ da música nacional que é, indubitavelmente, uma inspiração para todos os portugueses”, lê-se num comunicado da distribuidora.

A realização está a cargo de Jorge Pelicano, que nasceu na Figueira da Foz em 1977, iniciou a vida profissional no jornalismo, sobretudo como repórter de imagem em televisão, antes de enveredar pelo cinema documental.

É autor dos documentários “Ainda há pastores?” (2005), “Pare, escute, olhe” (2009), “Para-me de repente o pensamento” (2015) e “Até que o porno nos separe” (2018).

Publicidade

COMENTÁRIOS

Entretenimento

Zé Neto, da dupla com Cristiano, ameaçado com divulgação de vídeo íntimo

Publicado

Foto: Facebook Zé Neto e Cristiano

O cantor Zé Neto, da dupla com Cristiano, afirmou que tem sido alvo de chantagem com um suposto vídeo íntimo, de acordo com a assessoria de imprensa da dupla à Globo.

De acordo com a assessoria, há três anos o cantor vem sendo ameaçado de ter a intimidade exposta pelo vídeo gravado clandestinamente, em troca de dinheiro.

Segundo a assessoria, além das ameaças de veiculação das imagens gravadas, o suspeito chegou a dizer que a mulher que aparece no vídeo não é a esposa do artista. Segundo Zé Neto, esta não é a primeira vez que a pessoa faz as chantagens.

“Eu e minha esposa tivemos nossa privacidade invadida, faço aqui uma ‘mea culpa’ por ter cedido à chantagem, mas fiz isso com a mais sincera intenção de preservar minha esposa, na época grávida de nosso primeiro filho”, afirma Zé Neto.

“Infelizmente, os esforços empreendidos na ocasião não foram suficientes e, há menos de um mês, o autor do vídeo retomou as ameaças, talvez aproveitando-se do momento da segunda gestação”, diz a nota.

“Tenho certeza que nenhum veículo de comunicação, por ética e respeito, jamais publicaria estas imagens. Por isso, achei que seria o momento de dar um basta”, afirma o cantor na nota.

Continue a ler

Populares