Ligue-se a nós

Atualidade

Detida alegada cúmplice do suspeito morto por agente da PSP

Publicado

A PSP deteve a alegada cúmplice do homem que foi hoje morto na sequência de uma tentativa de assalto a um agente policial na Rua Atriz Maria Matos, em Benfica, Lisboa, disse à Lusa fonte da PJ.

De acordo com a fonte da Polícia Judiciária (PJ), o serviço de prevenção de homicídios recebeu cerca das 05:00 uma chamada da PSP a dar conta de que um agente da autoridade atingiu mortalmente um presumível suspeito de roubo na sua residência.

Segundo o relato feito à PJ, o agente foi abordado por um homem armado, na via pública, quando se encontrava na sua viatura particular parado nos semáforos na zona de Algés, no vizinho concelho de Oeiras.

O suspeito, de acordo com fonte da PJ, obrigou o agente a conduzir até uma zona descampada onde se juntou a mulher detida e os dois obrigaram-no a conduzir a viatura até sua casa.

Já na sua residência, em Benfica, o polícia conseguiu chegar à arma de serviço e atingiu mortalmente o homem, enquanto a mulher, que o esperava no exterior, acabou detida pela PSP.

Fonte do Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) da PSP disse anteriormente à Lusa que o agente foi abordado por um casal cerca das 03:30 em Algés e, sob ameaça de arma de fogo, foi obrigado a ir ao multibanco e, posteriormente, a casa.

A mesma fonte, que falava de manhã, indicou também que um dos suspeitos foi atingido pela arma de fogo, no tórax, mas não conseguiu referir se a suspeita tinha ou não sido detida.

O caso está entregue à Polícia Judiciária.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.