Ligue-se a nós

Atualidade

Depressão Miguel chega na quinta-feira com vento e chuva forte

Publicado

Portugal continental vai ser afetado por uma superfície frontal fria a partir de quinta-feira, na sequência da depressão Miguel, indicou  o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Em comunicado, o IPMA explica que a depressão Miguel está centrada a nordeste no arquipélago dos Açores e em deslocamento para leste-sueste, em direção à Galiza.

Está previsto para o continente a ocorrência de precipitação, em especial nas regiões Norte e Centro, e que poderá ser por vezes forte no Minho durante a tarde.

Está também previsto vento forte a partir da manhã nas regiões Norte e Centro, sendo de sul-sudoeste com rajadas até 80 quilómetros por hora e até 95 quilómetros por hora (km/hora) nas terras altas.

Durante a tarde, as rajadas de vento podem atingir valores da ordem de 95/100 km/h no Minho.

O IPMA destaca também que as zonas marítimas de responsabilidade nacional serão afetadas com vento e agitação marítima forte.

Atualidade

Empresa de Gaia que promove carne com imagem de mulher vai retirar cartazes

Publicado

Foto: Facebook Carnes Sá da Bandeira

A empresa Carnes Sá da Bandeira, de Vila Nova de Gaia, que lançou uma campanha publicitária onde associava uma mulher de bikini à venda de carne, vai remover os cartazes.

Para promover a carne de vitela branca para assar a empresa associou a imagem de uma mulher em bikini na praia. Por debaixo do “slogan” lê-se: “Para quem prefere o melhor”.

Esta terça-feira, a empresa emitiu um comunicado a explicar que «À semelhança de anos anteriores foram elaborados cartazes alusivos ao verão cuja associação de imagens levou a interpretações que de modo algum ocorreu à empresa. Tendo como máxima que “a nossa liberdade acaba quando começa a liberdade do outro” procedemos de imediato à remoção dos mesmos».

Entretanto o MDM – Movimento Democrático de Mulheres enviou um protesto à Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género. Nas redes sociais, o Movimento defende que “as mulheres não são mercadoria” e critica duramente a campanha.

Continue a ler

Populares