Ligue-se a nós

Entretenimento

Cristina Ferreira em lágrimas

Publicado

Foto: facebook.com/cristinaferreiratv

Apresentadora viveu um momento de grande emoção no final do seu programa desta quinta-feira.

Cristina Ferreira recebeu em estúdio a mãe de Catarina Sequeira, uma jovem que estava em morte cerebral desde dezembro de 2018.

Na sequência desta conversa, Cristina deixou-se emocionar e acabou por não conseguir conter as lágrimas. Terminada a entrevista, a apresentadora seguiu a emissão com alguma dificuldade.

Ainda em lágrimas Cristina decidiu dizer algumas palavras dirigidas à equipa que diariamente torna possível que seu programa.

“Agora é para vocês que estão aqui à minha frente que eu falo: o dia de ontem ninguém imagina a nível técnico como é que foi dentro deste programa. Hoje eu preciso de vos agradecer a todos, dizer-vos obrigado. Eu faço este programa com eles todos. Estão aqui comigo, choram comigo, riem comigo. Isto é feito desta energia”, começou por dizer.

“Eu hoje sou muito mais feliz do que era há quatro meses. E eu já era feliz, é preciso que se diga isto. Eu já era feliz, mas eu hoje sou muito mais feliz do que era há quatro meses porque me deram a liberdade de eu fazer em televisão aquilo que eu acho que lhe faz melhor companhia”, concluiu, recordando a sua passagem da TVI para a SIC.

Entretenimento

Documentário sobre Tony Carreira estreia hoje em Portugal

Tony Carreira, de 55 anos, começou a cantar em França, para a comunidade portuguesa, numa banda constituída com os irmãos, Irmãos 5.

Publicado

Foto: Facebook Tony Carreira

O documentário focado na vida e obra do cantor Tony Carreira, “Tony”, de Jorge Pelicano, estreia-se hoje nos cinemas portugueses.

O filme, de acordo com a distribuidora NOS Audiovisuais, “é um retrato inédito da vida de Tony Carreira, onde marcam presença a família, os amigos e as histórias desses milhares de portugueses que o acompanham há 30 anos e que, mesmo nos momentos mais difíceis, nunca o abandonaram”.

O cantor assinalou no ano passado 30 anos de carreira, anunciando uma pausa “no seu percurso musical”, por tempo indeterminado.

De acordo com a distribuidora do filme, “o realizador Jorge Pelicano teve acesso exclusivo à vida pessoal e profissional de Tony Carreira, acompanhando-o, durante este ano decisivo, em sucessivas digressões nacionais e internacionais”.

“Da digressão francesa, às gravações do dueto com Rudy Pérez em Miami – um dos mais prestigiados produtores de música latina (e um dos nomes envolvidos na polémica de plágio) – de Israel, à infância de Tony Carreira; do seu primeiro sucesso nos anos 80, em França, à conquista das grandes salas de espetáculos, como o Olympia de Paris; ‘Tony’ releva imagens inéditas e testemunhos únicos deste ‘fenómeno’ da música nacional que é, indubitavelmente, uma inspiração para todos os portugueses”, lê-se num comunicado da distribuidora.

A realização está a cargo de Jorge Pelicano, que nasceu na Figueira da Foz em 1977, iniciou a vida profissional no jornalismo, sobretudo como repórter de imagem em televisão, antes de enveredar pelo cinema documental.

É autor dos documentários “Ainda há pastores?” (2005), “Pare, escute, olhe” (2009), “Para-me de repente o pensamento” (2015) e “Até que o porno nos separe” (2018).

Continue a ler

Populares