Ligue-se a nós

Atualidade

Crianças até aos 12 anos podem pedir Andante gratuito nas escolas ou municípios

Publicado

Metro do Porto
Foto: metrodoporto.pt

As crianças até aos 12 anos vão poder solicitar a emissão do Andante gratuitamente a partir do final de agosto nas escolas ou municípios da Área Metropolitana do Porto.

Em resposta à Lusa, a Área Metropolitana do Porto (AMP) esclareceu que as crianças que já possuem cartão Andante válido “poderão dirigir-se, a partir do final de agosto, aos pontos de venda Andante para alteração para o perfil sub-13”.

Para tal, devem levar uma declaração do seu estabelecimento de ensino a atestar que não beneficia de transporte escolar gratuito.

Para os que ainda não possuem cartão Andante, a atribuição dos passes será realizada, numa primeira fase, em ‘back office’, “através da solicitação da emissão do cartão Andante nos estabelecimentos de ensino/municípios”, de modo a “evitar o congestionamento do atendimento nos pontos de venda Andante”.

A partir de 15 de outubro, este título poderá ser solicitado diretamente nos pontos de venda Andante, devendo, para o efeito, os alunos levar uma declaração do seu estabelecimento de ensino a atestar que não beneficia de transporte escolar gratuito.

Atualidade

Carregamento normal de veículos elétricos em postos públicos pago a partir de julho

Publicado

A gestora da mobilidade elétrica Mobi.E revela que “no dia 01 de julho de 2020 termina o período transitório da rede Mobi.E, iniciando-se o pagamento dos carregamentos nos postos de carregamento normal de acesso público”.

Os postos de carregamento rápido, bem como os carregadores localizados em espaços privados já tinham iniciado a cobrança deste serviço, respetivamente, em 01 de novembro de 2018 e 01 de abril de 2019.

Para utilizarem todos os postos da rede Mobi.E, os utilizadores vão ter que recorrer a um cartão de acesso à rede de mobilidade elétrica, emitido por um dos Comercializadores de Eletricidade para Mobilidade Elétrica (CEME), deixando assim de ser válidos os cartões que foram emitidos pela gestora dos postos.

 

Lusa

Continue a ler

Populares