Ligue-se a nós

Atualidade

Covid: Governo não compreende decisão do executivo britânico de retirar Portugal da lista verde

Publicado

Aeroporto Viajar

O Governo português afirmou hoje tomar nota da decisão, “cuja lógica não se alcança”, do executivo britânico de retirar Portugal da “lista verde” de viagens internacionais no âmbito da atual pandemia, assinalando que o país prossegue um desconfinamento “prudente”.

“Tomamos nota da decisão britânica de retirar Portugal da ‘lista verde’ de viagens, uma decisão cuja lógica não se alcança”, reagiu o Ministério dos Negócios Estrangeiros na rede social Twitter, poucos momentos depois do anúncio britânico.

“Portugal continua a realizar o seu plano de desconfinamento, prudente e gradual, com regras claras para a segurança dos que aqui residem ou nos visitam”, acrescentou a breve declaração da diplomacia portuguesa.

O ministro dos Transportes britânico, Grant Shapps, confirmou que Portugal vai sair da “lista verde” de viagens internacionais do Governo britânico, devido à descoberta de novas variantes e ao aumento do número de infeções nas últimas semanas.

O ministro disse numa entrevista transmitida na estação de televisão Sky News que foi uma “decisão difícil de tomar”, invocando duas principais razões que estão a causar preocupação junto das autoridades britânicas.

“Uma é que a taxa de positividade quase duplicou desde a última revisão em Portugal e a outra é que há uma espécie de mutação do Nepal da chamada variante indiana que foi detetada e simplesmente não sabemos o potencial que pode ter para resistir à vacina”, explicou.

Shapps disse que o Governo quer garantir que o país não importa mais variantes que ponham em causa o plano de desconfinamento, nomeadamente a quarta fase prevista para 21 de junho, quando se espera que sejam levantadas todas as restrições.

A medida deverá em vigor a partir das 04:00 de terça-feira, quando Portugal passa para a lista “amarela”, avançou o Daily Telegraph.

Os países na “lista amarela” estão sujeitos a restrições mais apertadas, nomeadamente uma quarentena de 10 dias na chegada ao Reino Unido e dois testes PCR (testes moleculares), no segundo e oitavo dia, como já acontece com a maioria dos países europeus, como Espanha, França e Grécia.

Portugal era até agora o único país da União Europeia (UE) na “lista verde”, que isenta os viajantes de quarentena no regresso a território britânico, em vigor desde 17 de maio.

O microbiologista do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, João Paulo Gomes disse na quinta-feira à noite, em entrevista à SIC Notícias que em Portugal foram detetados apenas 12 casos de uma mutação da chamada variante indiana de Covid-19 e não 68 casos, como anunciou o Reino Unido.

Atualidade

Tony Carreira sofre enfarte

Publicado

Tony Carreira sofre enfarte do miocárdio

Tony Carreira está internado no Hospital de Faro já foi submetido a um cateterismo.

O cantor deu entrada, hoje de manhã, no Hospital de Faro, onde permanece internado no serviço de cardiologia.

De acordo com o site, O Nascer do Sol, o cantor já foi sujeito a um cateterismo e encontra-se estável.

Continue a ler

Populares