Ligue-se a nós

Desporto

Covid-19: Volta ao Alentejo em bicicleta foi cancelada

Publicado

Foto: Federação Portuguesa de Ciclismo

A 38.ª Volta ao Alentejo em bicicleta, que ia para a estrada no dia 18 deste mês, foi cancelada, devido ao surto de Covid-19, anunciou hoje o presidente da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC).

“A Volta ao Alentejo foi anulada”, afirmou o presidente da CIMAC, José Calixto, quando questionado pelos jornalistas numa conferência de imprensa sobre o Covid-19 na região, realizada na sede desta comunidade intermunicipal, em Évora.

O responsável disse ter a informação de que a prova foi anulada após uma reunião entre a entidade organizadora, a Podium, e a Federação Portuguesa de Ciclismo e na sequência da suspensão de “todas as provas internacionais de ciclismo até 12 de abril”.

Esta edição da “Alentejana” estava prevista para entre 18 e 22 deste mês, num total 817,2 quilómetros em cinco etapas, uma delas um contrarrelógio, com início em Reguengos de Monsaraz, no distrito de Évora.

A Volta ao Alentejo em bicicleta é organizada pela Podium e pela Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central.

A epidemia do coronavírus já levou a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) a anunciar hoje a realização à porta fechada dos jogos da 25.ª jornada da I e II ligas, dos quais se destacam a visita do líder FC Porto a Famalicão e a receção do Benfica, campeão nacional e segundo classificado, com menos um ponto, ao Tondela.

O organismo federativo informou, também hoje, os encontros das competições não profissionais de futebol também seriam disputados à porta fechada, enquanto as associações de futebol do Porto, Braga, Aveiro e Leiria suspenderam a atividade e as restantes estruturas distritais restringiram a atividade ao escalão de seniores, até ao limite de cinco mil espetadores.

Foi ainda decidida a suspensão das competições nacionais nos escalões de formação de futebol e de futsal entre 14 e 28 de março e o encerramento ao público das provas de seniores de futsal, entre as quais a fase final da Taça de Portugal.

Também hoje, a meia maratona de Lisboa, marcada para 22 de março, foi adiada para 22 de setembro e anunciado que o jogo entre a Espanha e Portugal, da quinta e última jornada do Europe Championship de râguebi, agendado para 15 da março, em Madrid, será jogado à porta fechada.

As federações de basquetebol e de voleibol também anunciaram que os jogos das principais competições seniores, em masculinos e femininos, vão ser disputados à porta fechada e que os dos escalões de formação foram suspensos.

A Federação Portuguesa de Patinagem adotou uma medida menos restritiva, determinando que os jogos dos campeonatos masculino e feminino de hóquei em patins tenham a lotação limitada a 50% da capacidade dos pavilhões, com o máximo de 1.000 pessoas por partida, entre espetadores e intervenientes.

O Benfica também anunciou uma série de medidas preventivas, como a suspensão temporária da atividade desportiva e o adiamento de provas, em áreas como os escalões de formação de futebol, atletismo, natação e ginástica.

Publicidade

COMENTÁRIOS

Desporto

A bola vai voltar a rolar – tudo sobre o regresso do campeonato

Publicado

A I Liga de futebol regressa na quarta-feira, depois de quase três meses de paragem devido à covid-19, com as atenções viradas para a luta pelo título, com FC Porto e Benfica como únicos protagonistas.

Um duelo separado por um ponto e que se fará em moldes nunca vividos: sem a presença de público, um rigoroso protocolo sanitário, com testes regulares ao novo coronavírus e jogos ao final da tarde e noite, maioritariamente durante a semana.

A 10 jornadas do final, o FC Porto lutará para segurar uma liderança conquistada há duas jornadas (23.ª).

Neste regresso, o FC Porto reentrará em cena primeiro do que o Benfica, ao visitar na quarta-feira (21:15) o Famalicão, equipa que foi sensação do campeonato, no qual chegou a ser primeiro.

No jogo, os ‘dragões’ terão duas baixas importantes, o central Marcano, de fora até final da época, com uma rotura de ligamentos, e o lateral esquerdo Alex Telles, que é o melhor marcador da equipa na I Liga, com oito golos apontados, e está castigado.

A equipa de Sérgio Conceição tentará colocar pressão no Benfica, que apenas entra em campo no dia seguinte, recebendo no Estádio da Luz o Tondela (14.º).

A paragem pode ter sido benéfica para as ‘águias’, não só porque estavam numa má fase em termos exibicionais e de resultados, mas porque recuperaram de lesão dois jogadores importantes, o lateral André Almeida e o médio brasileiro Gabriel.

Em outros jogos nesta retoma, o Sporting de Braga (terceiro) jogará na sexta-feira com o Santa Clara (10.º).

Nos bracarenses, este será o segundo jogo do treinador Custódio, que entrou em março, face à ida de Rúben Amorim – que já tinha substituído Ricardo Sá Pinto – para o Sporting.

No Sporting (quarto), Rúben Amorim terá pela frente uma deslocação habitualmente difícil, ao Vitória de Guimarães (sexto), embora desta vez o fator público, tradicionalmente importante no D. Afonso Henriques, não exista.

No jogo, agendado para quinta-feira, às 21:15, os ‘leões’ não contam com Wendell e Luiz Phellype, lesionados, e os vimaranenses não terão Sacko, que cumprirá castigo, depois de ter visto um quinto amarelo, e têm o capitão Pedro Henrique em dúvida.

A jornada disputa-se ao longo de cinco dias, entre terça-feira e domingo, com o primeiro jogo a opor o ‘aflito’ Portimonense (17.º) ao Gil Vicente (nono).

Um regresso difícil poderá ter o Desportivo das Aves, que a juntar ao facto de ser o último classificado, sem vencer há cinco jornadas, viu Quentin Beunardeau e Welinton Júnior rescindirem, tem Luiz Fernando e Rúben Macedo a cumprirem castigo e informou no domingo ter um jogador positivo para a covid-19, mas sem indicar quem seja, sendo um atleta que tinha tido primeiro um resultado inconclusivo na semana anterior.

Os avenses, treinados por Nuno Manta Santos, recebem na sexta-feira o Belenenses SAD (13.º).

Em outros jogos da 25.ª jornada, o Marítimo (15.º) recebe o Vitória de Setúbal (12.º) na quinta-feira, o Boavista (11.º) o Moreirense (oitavo) no sábado, e o Rio Ave (quinto) o Paços de Ferreira (16.º), no domingo, no ‘fecho’ da ronda.

Programa da 25.ª jornada:

– Quarta-feira, 03 jun:

Portimonense – Gil Vicente, 19:00.

Famalicão – FC Porto, 21:15.

– Quinta-feira, 04 jun:

Marítimo – Vitória de Setúbal, 18:00.

Benfica – Tondela, 19:15.

Vitória de Guimarães – Sporting, 21:15.

– Sexta-feira, 05 jun:

Santa Clara – Sporting de Braga, 19:00 (Cidade do Futebol, em Oeiras).

Desportivo das Aves – Belenenses, 21:15.

– Sábado, 06 jun:

Boavista – Moreirense, 21:15.

– Domingo, 07 jun:

Rio Ave – Paços de Ferreira, 21:00.

Continue a ler

Populares