Ligue-se a nós

Música

Câmara de Amares atribui “medalha de ouro” a António Variações

António Variações nasceu em Fiscal, Amares, a 3 de dezembro de 1944 e morreu em Lisboa em 13 de junho de 1984.

Publicado

A Câmara de Amares, no distrito de Braga, atribuiu, a título póstumo, a medalha municipal de mérito, grau ouro, a António Variações, o cantor natural da freguesia de Fiscal.

A proposta, aprovada por unanimidade, refere que António Variações “orgulha e envaidece” o concelho, “projeta” o município e “gratifica” as suas gentes.

A medalha municipal de mérito é, assim, atribuída no ano em que António Variações faria 75 anos.

“De grande tenacidade e vontade determinada, destacou-se em vida pela sua criatividade e pelo seu pensamento livre. Depois da sua morte, transformou-se num símbolo de liberdade, de criatividade e de determinação”, refere ainda a proposta.

No dia 22 de agosto vai estrear o filme “Variações”, sobre a vida e obra do cantor. A realização é de João Maia.

Publicidade

COMENTÁRIOS

Atualidade

Bryan Adams acusado de racismo por dizer que na China comem morcegos e fazem vírus

Publicado

“Graças a uma m**** de ideia de comer morcegos, à venda de animais em mercados e a sacanas gananciosos fazedores de vírus, todo o mundo está agora em pausa, para não falar dos milhares que sofreram ou morreram deste vírus”. Tornem-se vegans”. Foi este o comentário escrito nas redes sociais pelo músico Bryan Adams, que logo motivou acusações de racismo. O cantor canadiano já pediu desculpa.

O músico utilizou as redes sociais para falar sobre a frustração de ver uma série de concertos que iria realizar no Royal Albert Hall (sala de espetáculos de Londres) cancelada.

As palavras rapidamente lhe valeram acusações de racismo.

A indignação gerada levou o músico a pedir desculpas e a explicar que estava apenas a pedir às pessoas para deixarem de comer animais e se tornarem veganas.

Continue a ler

Populares