Ligue-se a nós

Entretenimento

Beyoncé tem 80 mil abelhas para curar as alergias das filhas

Publicado

Foto: Facebook Beyoncé

Beyoncé, a cantora norte-americana disse possuir dois cortiços com cerca de 80 mil abelhas, em sua casa “há já algum tempo”. “Produzimos centenas de frascos de mel por ano”, contou.

“Comecei a criar abelhas porque as minhas filhas, a Blue e a Rumi, têm várias alergias. E o mel tem várias propriedades curativas”, explicou ainda.

Carinhosamente apelidada de “Queen B” (“Rainha B”, mas que em inglês também soa como “Rainha Abelha”) pelos fãs, Beyoncé revelou em entrevista à Vogue fazer jus a esse seu título.

Beyoncé é a figura de capa da mais recente edição da Vogue britânica, que nas bancas colocou três capas diferentes.

Atualidade

Óscares: “Nomadland – Sobreviver na América” foi o vencedor da noite

Publicado

Foto: Facebook Nomadland

“Nomadland – Sobreviver na América” foi o grande vencedor da noite dos óscares, ao levar para casa as estatuetas de Melhor Filme, Melhor Realização e Melhor Atriz, Frances McDormand.

A 93.ª cerimónia dos prémios da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas premiou a realizadora chinesa Chloé Zhao, primeira mulher não branca a vencer o Óscar de Melhor Realização por “Nomadland – Sobreviver na América”. A realizadora disse que “é fabuloso ser uma mulher em 2021”, no rescaldo da vitória.

“Sou extremamente afortunada por poder fazer o que gosto”, afirmou Chloé Zhao, nos bastidores da cerimónia de entrega dos Óscares, que decorreu esta madrugada em Los Angeles. “Se esta vitória ajudar mais pessoas como eu a viverem os seus sonhos, sou muito agradecida por isto”.

“Um dos momentos mais felizes para mim esta noite foi quando a Frances ganhou”, contou Chloé Zhao aos jornalistas. “As pessoas podem não saber tudo o que ela fez, como produtora e como atriz, quão aberta e vulnerável foi e quanto me ajudou a fazer este filme”, afirmou. “E como ajudou os nómadas a sentirem-se confortáveis nas gravações. Ela é ‘Nomadland’”.

O filme conta a história de uma mulher (Fern, interpretada por McDormand) que viaja pela América como nómada, vivendo numa caravana, trabalhando em empregos temporários e sobrevivendo na estrada, na sequência da crise económica de 2008.

A história baseia-se num livro de não ficção e o filme, que contou com nómadas da vida real, provocou uma alteração de perspetivas para a própria Chloé Zhao.

A 93.ª cerimónia dos prémios da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas decorreu entre a estação de comboios Union Station, na baixa de Los Angeles, e o Dolby Theatre, em Hollywood, com restrições devido à pandemia de covid-19.

Continue a ler

Populares