Ligue-se a nós

Música

Beyoncé bate recorde nos Grammys

Publicado

As mulheres dominaram o 63.º edição dos Grammys, que foram entregues na madrugada deste domingo para segunda-feira, de 14 para 15 de março.

Beyoncé partiu na frente da corrida com nove nomeações, mas não conseguiu conquistar os principais galardões da noite. Apesar de não ter vencido nas categorias mais populares, a norte-americana bateu um recorde histórico: ao receber o prémio de Melhor Atuação R&B, por “Black Parade”, e de Melhor Atuação Rap (“Savage”, com Megan Thee Stallion) a cantora tornou-se na artista mais premiada de sempre nos Grammys Awards.

Para além dos galardões conquistados, com as suas 79 nomeações no total, Beyoncé é a artista feminina mais nomeada da história dos Grammys – a cantora está empatada com Paul McCartney e tem apenas uma nomeação a menos do que o seu marido, Jay-Z, e Quincy Jones, que detêm o recorde, com 80 cada.

Na cerimónia, Taylor Swift conquistou o troféu de Melhor Álbum, com “Folklore”, tornando-se na primeira mulher a vencer na categoria três vezes.

A norte-americana já tinha sido distinguida com o Grammy de Melhor Álbum com “Fearless”, de 2010, e “1989”, editado em 2016. Até este ano, os únicos vencedores na categoria eram Frank Sinatra, Paul Simon e Stevie Wonder.

Billie Eilish levou para casa o Grammy de Gravação do Ano, o prémio mais importante da noite. Beyoncé, Black Pumas, DaBaby & Roddy Ricch, Doja Cat, Dua Lipa, Post Malone e Megan Thee Stallion & Beyoncé também estavam na corrida.

A jovem cantora conquistou ainda o prémio de Melhor Música para um Meio Visual pelo tema que criou para o filme “007: Sem Tempo Para Morrer”. Segundo a Variety, esta foi a primeira vez na história dos Grammys que uma canção de um filme que ainda não estreou venceu na categoria.

Já o Grammy de Canção do Ano foi entregue a H.E.R., pela canção “I Can’t Breathe” – o título do tema faz referência às últimas palavras de George Floyd.

Atualidade

Anitta procura ‘personal trainer’… bonito

Publicado

Já ‘oficialmente’ solteira, Anitta, de 28 anos, partilhou publicamente a vontade de retomar com todo o empenho a atividade física e manter a boa forma. Para isso precisa de ajuda profissional, de um ‘personal trainer’. Mas há um critério que se revela importante nessa escolha: o aspeto do personal trainer.

A cantora escreveu ontem no Instagram  que procura alguém que possa atendê-la em Miami; “Acabo de decicir que preciso voltar a treinar. Alguém conhece um personal trainer em Miami para que eu possa colocar o corpo firme? Se for bonito o personal, melhor porque é uma motivação, não vou faltar os treinos. Seria incrível”, disse Annita em espanhol.

Anitta anunciou na última terça-feira  o fim do namoro de três meses com o empresário bilionário Michael Chetrit.

Continue a ler

Populares