Ligue-se a nós

Desporto

“As asas são para voar” – psicólogo Jorge Sequeira sobre João Félix

Publicado

Foto: facebook.com/Jorge Sequeira

Ainda nada é oficial, mas fontes bem colocadas dão o negócio como certo. João Félix vai mudar-se de malas e bagagens para o Atlético de Madrid, com o clube da capital espanhola a deixar nos cofres do Benfica 120 milhões de euros.

Muito se tem falado da dimensão deste “salto”, de um jovem de 19 anos que ainda há uma temporada jogava pelos juniores e pela equipa B do Benfica.

Estará preparado? Para Jorge Sequeira, doutorado em psicologia de desporto, “coach”, que trabalha há vários anos na alta competição, Félix está mais do que preparado e a idade nunca pode ser termo de avaliação: “há homens de 25 e 26 anos de enorme imaturidade e são atletas… e há miúdos com 19 anos que poderão, porventura, ter uma maturidade maior, embora não conheça pessoalmente o João Félix. Mesmo sendo muito novos, podem ser responsáveis, concentrados, focados, terem uma ambição sadia de querer provar, não só em Portugal mas também no mundo, que são tão ou mais capazes que os outros”.

Jorge Sequeira, em entrevista à Record FM, comentou que impedir a saída do jogador seria um passo errado por parte do Benfica: “Prendê-lo não seria adequado, as asas são para voar. Com 19 anos já se tem asas. Veja-se o exemplo do Cristiano Ronaldo que com 10, 11 anos, saiu da Madeira para vir para Lisboa. 19 anos é uma idade boa, de ambição e alguma irreverência que o futebol também procura”.

Sem se deter, o psicólogo doutorado em psicologia desportiva lembrou que a mudança faz parte da vida e que o segredo é vê-la sem medos, mas antes como uma oportunidade: “Não vejo nenhum problema em ele ir para outras paragens. Hoje em dia, as coisas são feitas mais precocemente. O mundo está diferente, tornou-se mais próximo, está no telemóvel, as pessoas viajam com mais facilidade. E parece que a família do João Félix lhe dá um bom suporte, um bom enquadramento, por isso há que mudar de casa, mudar de língua. A palavra mudança tem duas grandes componentes: uma ameaça; já que mudar a uns mete medo, receio e encolhe; para outros a mudança é uma oportunidade. Se o João Félix encarar esta mudança como uma oportunidade, não tenho dúvidas que a vai aproveitar”.

Quanto aos muitos milhões de euros de que se fala (seis a sete milhões por época), Jorge Sequeira lembra que o dinheiro é uma consequência do mercado e que o João Félix, para já, pensa apenas em mostrar o seu futebol em paragens com maior visibilidade. Em relação ao dinheiro, “ele não vai conseguir gastá-lo todo. Os jogadores têm uma vida mais controlada, não podem andar sempre em restaurantes e discotecas. E ele não vai poder andar em três carros ao mesmo tempo, não pode viver em quatro casas ao mesmo tempo. Acabam por acumular fortunas brutais”.

E fica a mensagem final, através da Record FM: “João Félix, que sejas muito feliz e mais um a carregar a bandeira de Portugal”.

Desporto

Espinho Open 2019 regressa com a elite do voleibol de praia

Publicado

Foto: Facebook Município de Espinho

Espinho volta a receber a elite do Voleibol de Praia de 17 a 21 de julho, no Espinho Open 2019, uma etapa de quatro estrelas, o segundo maior nível do Circuito Mundial (FIVB Beach Volleyball World Tour).

A competição, masculina e feminina, acontece na Praia da Baía, em Espinho, a partir das 9h da manhã.

A organização é da Federação Portuguesa de Voleibol com o apoio e colaboração da Câmara Municipal de Espinho.

Continue a ler

Populares