Ligue-se a nós

Atualidade

Árvore caiu sobre autocarro e feriu motorista em Matosinhos

Segundo a fonte do CDOS, o alerta para o acidente foi recebido às 07:54.

Publicado

Emergência Ambulância

Uma árvore caiu hoje na Estrada Nacional N14 (Via Norte), em Leça do Balio, Matosinhos, tendo atingido um autocarro e ferido sem gravidade o condutor, disse fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) do Porto.

Contactada pela Lusa, fonte dos Bombeiros Voluntários de São Mamede Infesta referiu que o autocarro se encontrava sem passageiros quando a árvore “de grande porte” caiu.

“O ferido foi transportado para o Hospital Pedro Hispano”, em Matosinhos, acrescentou.

A mesma fonte dos bombeiros especificou que a árvore caiu na saída da Via Norte para o nó de Leça do Balio, no sentido Maia-Porto, não tendo sido necessário cortar o trânsito no local.

No local estiveram os Bombeiros Voluntários de São Mamede Infesta, com 10 homens e cinco viaturas.

Atualidade

“Esperei até ficar com fome”. E foi assim que uma banana de 108 mil euros foi comida

Publicado

Antes de comer a banana que o artista italiano Maurizio Cattelan fixou na parede com fita adesiva, uma obra vendida por 108.000 euros, em Miami, David Datuna esperou algumas horas até “ficar com fome”, explicou entre risadas o artista, esta segunda-feira, já de volta a Nova Iorque.

A banana incluída na obra de arte “Comedian”, do artista italiano Maurizio Cattelan, em exposição na feira Art Basel, em Miami, Estados Unidos, foi comida ontem à tarde. O “provador” de serviço foi David Datuna.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

“Hungry Artist” Art performance by me 🙂 I love Maurizio Cattelan artwork and I really love this installation It’s very delicious 🙂

Uma publicação partilhada por David Datuna (@david_datuna) a

Nascido em Tbilisi e residente nos Estados Unidos há 22 anos, Datuna reivindicou o irreverente gesto que causou sensação depois de ter publicado na sua conta de Instagram um vídeo no qual aparecia a comer a famosa banana. A banana foi substituída rapidamente por outra na parede da galeria.

Embora esta “performance artística” possa implicar problemas legais, Datuna gabou-se nesta segunda, em conferência de imprensa, em Nova Iorque, de ser “o primeiro artista a comer a arte de outro artista”. E disse que desde então recebeu “40.000 a 50.000 mensagens no Instagram”, quase todas encorajadoras.

Datuna diz que respeita o trabalho de Cattelan, conhecido pela sua sanita de ouro de 18 quilates chamada “America”, que foi roubada em setembro de um castelo inglês.

“Ele é um génio”, que “goza com tudo”, afirmou Datuna. Mas “também me agrada o que eu fiz”. “Penso que os artistas existem para fazer as pessoas felizes e lhes dar prazer, e foi isso que eu fiz”, acrescentou.

Continue a ler

Populares