Ligue-se a nós

Desporto

Andebol: “Só falta uma final para sermos campeãs”

Publicado

Foto: facebook.com/colgaia

Falta uma vitória para que o Colégio de Gaia possa celebrar o título de campeão nacional de andebol feminino.

O jogo no Funchal, no próximo sábado, frente ao Madeira SAD, está por isso a ser encarado como uma autêntica final.

Em entrevista à Record FM, a treinadora da equipa sénior do Colégio de Gaia, Paula Marisa Castro deu conta da confiança que reina no grupo: “Estão extremamente motivadas. Aliás, já estavam para o primeiro jogo. Sabíamos que tínhamos três finais, conseguimos ultrapassar duas e iremos agora tentar resolver em definitivo a eliminatória, já no sábado e sermos campeãs nacionais. Mas sabemos das dificuldades que vamos encontrar na Madeira. É sempre muito, muito difícil”.

Quanto à natural ansiedade nesta contagem decrescente para o encontro, Paula Marisa Castro considerou como natural: “Existe sempre, mas penso que quando começar o jogo, esse sentimento termina. Estamos focadas no objetivo. Desde o momento em que perdemos com elas delineamos como finais para vencer os jogos que faltavam. E agora só falta uma, para sermos campeãs”.

“Quando há sucesso é mais fácil arranjar apoios”

Quem também falou com a Record FM foi o coordenador do projeto escolar, com os diferentes escalões de andebol feminino do Colégio de Gaia. Jorge Tormenta, que lidera o projeto desportivo há 40 anos, deu conta que o sucesso dá trabalho: “Tenho contactos permanentes com entidades oficiais e privadas. O nosso equipamento parece um supermercado, carregado de “sponsors”. Grão a grão conseguimos cobrir as despesas. E por trás temos uma das maiores instituições educativas de Portugal que é o Colégio de Gaia que, quando é preciso, também ajuda. E claro, quando há mais sucesso, também é mais fácil arranjar apoios”.

O Colégio Gaia a contar os dias para o jogo que pode dar o título de campeão de andebol feminino.

Desporto

Portugal conquista título mundial de hóquei em patins 16 anos depois

Publicado

Foto: Facebook Seleções de Portugal

Portugal sagrou-se este domingo campeão mundial de hóquei em patins, 16 anos depois da última conquista, ao vencer a Argentina, por 2-1, no desempate por grandes penalidades, após um nulo no final do encontro.

No desempate por grandes penalidades, Gonçalo Alves e Hélder Nunes marcaram para Portugal, enquanto pela Argentina apenas conseguiu marcar Nicolia.

A formação das ‘quinas’ conquistou o 16.º título mundial, menos um do que a recordista Espanha, reconquistando um título que lhe fugia desde 2003, em Oliveira de Azeméis.

Fora de Portugal, a ‘equipa das quinas’ não vencia um título desde 1993, sendo que, em Espanha, apenas se tinha sagrado campeão mundial uma vez, em 1960.

Continue a ler

Populares