Ligue-se a nós

Atualidade

Amares: Encontrada mala de viagem com 1,8 quilos de haxixe

Publicado

A GNR apreendeu 1,8 quilos de haxixe, dissimulados numa mala de viagem abandonada em Amares, no distrito de Braga.

A droga foi encontrada na terça-feira numa zona florestal, na sequência de uma denúncia telefónica anónima feita para as autoridades policiais.

Fonte do Comando Territorial de Braga da GNR explicou à Lusa que as placas de haxixe davam para mais de 3.500 doses individuais e estariam já um pouco degradadas, ainda que se encontrassem acondicionadas em plástico, dentro da mala de viagem, “sinal de que já se encontravam no local há muito tempo”.

Os factos foram comunicados ao Ministério Público junto do Tribunal de Braga e o passo que se segue, assinalou a fonte, é tentar determinar o proprietário da droga.

Publicidade

COMENTÁRIOS

Atualidade

Acidentes Vasculares Cerebrais (AVC) fizeram 11.235 mortos em 2018

Publicado

Os acidentes vasculares cerebrais causaram em 2018 o maior número de óbitos, com 11.235 mortes, mas os dados melhoraram em relação ao ano anterior, ao contrário das mortes por doenças respiratórias, que estão a aumentar, segundo o INE.

Os dados hoje divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) indicam que a redução das mortes por AVC nos últimos anos (de 13,9% em 2008 para 9,9% em 2018) foi a que maior impacto teve no decréscimo das mortes causadas por doenças do aparelho circulatório.

Em 2018 morreram 7.241 pessoas por doença isquémica do coração, menos 1% que no ano anterior, o que representa a segunda maior proporção de óbitos (6,4%) em Portugal.

Segundo o INE, registaram-se também 4.620 mortes por enfarte agudo do miocárdio, ou seja, 4,1% da mortalidade, com um aumento de 1,7% no número de óbitos em relação ao ano anterior (4.542).

Em comparação com os AVC e o enfarte agudo do miocárdio, a doença isquémica do coração apresenta as taxas brutas de mortalidade mais elevadas nos grupos etários inferiores a 65 anos.

As doenças do aparelho respiratório causaram 13.305 óbitos em 2018, um aumento de 3,8% em relação ao ano anterior, representando 11,7% da mortalidade total ocorrida no país.

Continue a ler

Populares