Ligue-se a nós

Atualidade

Algarve: Suspeitos de agredirem britânica conhecem hoje acórdão

Publicado

Justiça

Duas mulheres (mãe e filha) e um homem acusados pela coautoria dos crimes de sequestro e ofensas à integridade física qualificadas de uma britânica em 2015, no Algarve, conhecem hoje o acórdão no Tribunal de Portimão.

Leighanne Rumney, na altura com 18 anos , trabalhava num bar de Albufeira quando foi aliciada a entrar num carro sob o pretexto de “falar sobre o João”, um homem que conheceu no bar e que seria o companheiro de Eliana Carvalho, uma das arguidas.

Foi levada para um lugar ermo, perto da estação ferroviária de Alcantarilha, onde as duas mulheres a agrediram “a murro, pontapé e com golpes de tesoura e lhe cortaram o cabelo e as roupas”.

Depois de ser abandonada pelos agressores, a vítima arrastou-se até uma estrada para pedir ajuda, foi auxiliada por várias pessoas que alertaram as autoridades  e transportada para o hospital.

Atualidade

Novos aviões da TAP investigados após enjoos e vómitos a bordo

O problema poderá estar no sistema de renovação do ar. 

Publicado

Vários tripulantes e passageiros da TAP apresentaram, nos últimos meses, queixas de enjoos e vómitos a bordo dos novos aviões A330Neo.

O mais recente episódio dos vários registados aconteceu na semana passada, durante um voo para o Brasil.

De acordo com a TSF, a tripulação sentiu-se mal no final da viagem e os pilotos foram vistos a usar uma máscara na aterragem para garantirem que respiravam o ar adequado. O mesmo já teria acontecido noutros voos. Segundo a estação de rádio, o Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) já recebeu cerca de dez relatos de tripulantes preocupados.

Segundo a TSF, o problema pode estar relacionado com uma renovação insuficiente do ar dentro dos novos aviões – os mais recentes aparelhos ao serviço da companhia portuguesa -, que faz com que este atinja valores que podem causar indisposições no final de viagens longas.

A TAP confirmou ao JN, em resposta escrita, ter “registo de relatos de casos pontuais de tripulantes com ligeiras indisposições”, afastando que tais sejam motivados pela circulação de ar.

A Airbus já reuniu com a companhia aérea, o Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil e a Associação Portuguesa de Tripulantes de Cabine, a fim de apurar a causa do problema.

Continue a ler

Populares