Ligue-se a nós

Entretenimento

A primeira publicação da Rainha Isabel II no Instagram

Publicado

Foto: facebook.com/buckinghampalaceshop

A monarca inglesa fez ontem, quinta-feira, 7 de março, a sua primeira publicação no Instagram.

Adepta das novas tecnologias, a Rainha Isabel II fez a sua primeira publicação no âmbito de uma visita ao Museu da Ciência, em Londres. A monarca usou um iPad para mostrar uma carta enviada ao seu tetravô, o príncipe Alberto, documento que data do século XIX e cujo autor foi Charles Babbage, um inventor e matemático.

Depois de falar sobre Charles Babbage, a rainha acrescentou: “Hoje, tive o prazer de aprender mais acerca de iniciativas de programação para crianças e parece-me uma boa ideia publicar este post no Instagram, no Museu de Ciência que há muito apoia a inovação tecnológica, inspirando assim a próxima geração de inventores. Elizabeth R.”.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Today, as I visit the Science Museum I was interested to discover a letter from the Royal Archives, written in 1843 to my great-great-grandfather Prince Albert. Charles Babbage, credited as the world’s first computer pioneer, designed the “Difference Engine”, of which Prince Albert had the opportunity to see a prototype in July 1843. In the letter, Babbage told Queen Victoria and Prince Albert about his invention the “Analytical Engine” upon which the first computer programmes were created by Ada Lovelace, a daughter of Lord Byron. Today, I had the pleasure of learning about children’s computer coding initiatives and it seems fitting to me that I publish this Instagram post, at the Science Museum which has long championed technology, innovation and inspired the next generation of inventors. Elizabeth R. PHOTOS: Supplied by the Royal Archives © Royal Collection Trust / Her Majesty Queen Elizabeth II 2019

Uma publicação partilhada por The Royal Family (@theroyalfamily) a

Publicidade

COMENTÁRIOS

Entretenimento

Documentário sobre Tony Carreira estreia hoje em Portugal

Tony Carreira, de 55 anos, começou a cantar em França, para a comunidade portuguesa, numa banda constituída com os irmãos, Irmãos 5.

Publicado

Foto: Facebook Tony Carreira

O documentário focado na vida e obra do cantor Tony Carreira, “Tony”, de Jorge Pelicano, estreia-se hoje nos cinemas portugueses.

O filme, de acordo com a distribuidora NOS Audiovisuais, “é um retrato inédito da vida de Tony Carreira, onde marcam presença a família, os amigos e as histórias desses milhares de portugueses que o acompanham há 30 anos e que, mesmo nos momentos mais difíceis, nunca o abandonaram”.

O cantor assinalou no ano passado 30 anos de carreira, anunciando uma pausa “no seu percurso musical”, por tempo indeterminado.

De acordo com a distribuidora do filme, “o realizador Jorge Pelicano teve acesso exclusivo à vida pessoal e profissional de Tony Carreira, acompanhando-o, durante este ano decisivo, em sucessivas digressões nacionais e internacionais”.

“Da digressão francesa, às gravações do dueto com Rudy Pérez em Miami – um dos mais prestigiados produtores de música latina (e um dos nomes envolvidos na polémica de plágio) – de Israel, à infância de Tony Carreira; do seu primeiro sucesso nos anos 80, em França, à conquista das grandes salas de espetáculos, como o Olympia de Paris; ‘Tony’ releva imagens inéditas e testemunhos únicos deste ‘fenómeno’ da música nacional que é, indubitavelmente, uma inspiração para todos os portugueses”, lê-se num comunicado da distribuidora.

A realização está a cargo de Jorge Pelicano, que nasceu na Figueira da Foz em 1977, iniciou a vida profissional no jornalismo, sobretudo como repórter de imagem em televisão, antes de enveredar pelo cinema documental.

É autor dos documentários “Ainda há pastores?” (2005), “Pare, escute, olhe” (2009), “Para-me de repente o pensamento” (2015) e “Até que o porno nos separe” (2018).

Continue a ler

Populares