Voltar
Os portugueses preferem marcar as suas férias assim...
10 ago 2018

As plataformas online são o canal preferido dos portugueses para a marcação das férias. Segundo o Observador Cetelem Férias 2018, 22% dos consumidores nacionais decidem os locais e fazem reservas para as férias de verão através de plataformas digitais. Esta é uma percentagem que aumenta para 51% no caso dos que optam por férias no estrangeiro.

Planear e eleger o destino de férias pode ser um processo demorado. Entre escolher o local, a estadia, o meio de transporte e fazer contas aos custos , muitos são os aspetos a considerar. O estudo Observador Cetelem Férias 2018 procurou perceber quais as formas mais utilizadas para reservar os dias de descanso.

Cerca de 56% dos inquiridos referem não efetuar qualquer tipo de marcação, 2% mais do que no ano passado e que poderá justificar-se com o grupo que opta por fazer férias em casa ou em casa de família/amigos. Contudo, para os que fazem reservas, o método preferido é o das plataformas online. Seja pela comparação de preços, comentários de outros utilizadores ou por estar à distância de um clique, as plataformas online são a alternativa referida por 22% dos inquiridos, mais sete pontos percentuais do que no ano passado, quando as plataformas digitais para reserva foram mencionadas por apenas 15%.

Assim, os métodos tradicionais para as reservas de férias, como o caso das agências de viagens, têm perdido força. Se, em 2017, 20% dos portugueses utilizavam as agências de viagens para marcar as suas férias, este ano, apenas 10% recorrem a esta opção como alternativa. Este valor, no entanto, cresce na hora de planear as férias fora de Portugal, onde os portugueses são mais tradicionais, com 40% dos inquiridos a recorrerem às agências de viagens.


Record FM com Noticias ao Minuto

20 Aug 2018
Portugueses são dos que menos gastam em viagens de lazer

20 Aug 2018
Polícia espanhola investiga morte de Pedro Queiroz Pereira

20 Aug 2018
13 distritos do continente em risco máximo de incêndio