Voltar
A vida dos outros

 

Numa sociedade manipulada aos olhares e dizeres dos outros, quem não se veste de PRADA, ou é diabo ou está louco! O poder de encaixe que todos procuram torna-se uma sombra avassaladora para aqueles que não encontram a casa para o seu botão.  
 
Vivemos presos a um passado que não deu certo ou a um futuro ainda por chegar… e na ilusão de estarmos a semear qualquer coisa, desencontramo-nos de nós próprios, perdemo-nos de quem realmente somos, esquecemo-nos de assumir a garantia de um presente que é, na verdade, a única coisa que temos!  
 
Conscientes de muitas pedras no sapato e uma mão cheia de nada, trilhando uma aprendizagem consciente, por vezes solitária e silenciosa, encontramos na magia de cada momento o casulo pelo qual toda a lagarta tem de passar para se tornar borboleta!  
 
Mas o que fica de nós quando o pensamento nos leva? Os pensamentos… enredos cheios de lógica que carregamos de sentido e transportamos numa mochila que levamos às costas para a vida… o que são afinal? Enchem a vida de significado, dão nome ao nosso sentir e amarram-nos à crença, tantas vezes errada, na sua verdade absoluta…
 
Cuidado! Pensamentos não são factos! Vêm… e vão…  Podemos mudar a forma como pensamos ou estaremos para sempre condenados à dureza das palavras que tantas vezes nos sussurram ao ouvido? Estaremos certos? Errados? Seremos loucos? Convido-o à reflexão… de quem é a vida que está a viver?


Conteúdo Patrocinado:

Carolina Costa - Psicóloga Clínica
Clínica Psiquiátrica José Carvalhinho (Leiria)
Email: carolinacosta.psicologa@gmail.com